Cuidados para evitar o entupimento de pias e ralos


Normalmente as pias entopem devido ao acumulo de gorduras e restos de comida nas tubulações, jogar oleo de cozinha e outros tipos de gorduras na pia ou em ralos, além de poluir o meio ambiente pe muito prejudicial as tubulações, existem alguns produtos no mercado que prometem desentupir pias e ralos, porém tome muito cuidado ao utiliza-los, pois muitos possuem soda caustica, que pode se solidificar dentro da tubulação causando um entupimento ainda mais complicado de ser resolvido, recomendamos reciclar o oleo de cozinha e utilizar ralos com peneira móveis que são baratos e evitam dores de cabeça futuras.

Mas se você ja está com sua pia entupida, talvez essa dica possa lhe ajudar, tente esgotar ao maximo a pia e faça uma solução de agua fervendo com detergente e despeje na pia e aguarde alguns minutos, caso haja algum entupimento causado devido ao acumulo de gordura, o detergente e a água quente vão ajudar a gordura a se soltar da tubulação.

Caso isso não resolva seu problema você deve contratar uma desentupidora, evite inserir algum objeto como arames por exemplo, pois você pode perfurar ou trincar a tubulação, aumentando ainda mais seu transtorno no futuro. As empresas desentupidoras possuem máquinas especificas para cada tipo de tubulação, o que minimiza os danos causados pelo processo de desentupimento.

 


Curiosidade: Como funcionam os detergentes?

 

Detergentes ajudam a água a umedecer melhor os objetos e quebram as partículas de gordura, impedindo que se reaglutinem.

Os detergentes são substâncias tensoativas, isto é, diminuem a tensão superficial – a capacidade que as moléculas de água têm de ser manter unidas fortemente. Com as ligações, entre suas moléculas, enfraquecidas, a água umedece mais facilmente o objeto a ser levado. Em outras palavras, o detergente deixa a água mais “molhada” porque, em pequenos grupos de moléculas, ela penetra melhor na superfície suja. Isso acontece porque as longas moléculas do detergente contêm dois grupos de átomos: uns que se dissolvem facilmente em gordura, mas não em águas; em outros que se dissolvem em água, mas não em gordura. Por isso, a solução água-detergente consegue emulsionar a gordura, ou seja, “quebra” as películas de gordura em uma infinidade de gotículas microscópicas, que ficam dispersas na solução. A espuma tem um efeito mecânico na limpeza; mantendo as partículas de sujeira sólida em suspensão, estas não se redepositam na superfície lavada.

fonte: http://super.abril.com.br/superarquivo/1989/conteudo_111597.shtml